terça-feira, 22 de março de 2011

A NOITE DAS MULHERES CANTORAS

Lídia Jorge já nos habituou a uma escrita ímpar e cativante. É o caso deste novo romance psicológico, alicerçado na memória, na culpa, na sobrevivência, na ambição humana de reconhecimento e… no amor.  A acção decorre no final dos anos 80 do século XX e procura dar resposta a uma pergunta,  que percorre o romance da primeira à última página: quantas vítimas se deixam pelo caminho para se perseguir um objectivo? 

A LER MESMO!

Sem comentários:

Enviar um comentário